SEMANA ESPECIAL NA ESAR


Durante estes dias (de segunda,07 até sexta, 11) estamos celebrando na ESAR a semana da criança com uma programação variada e bem divertida e dentro desta programação a concretização de projetos como o que é relatado pela professora do primeiro ano do ensino fundamental; Alessandra Beatriz:

"Ser educador vai além de ler e escrever; a missão de um educador vai desde pegar a mão do aluno que segura o lápis até o despertar para a leitura do que está escrito e também do mundo que o rodeia. É neste sentido que o projeto de leitura se encaixa em nosso fazer educacional, pois ao aguçar o potencial cognitivo e criativo do educando, faz-se com que eles mergulhem num mundo de histórias e fantasias. Esses são alguns de nossos objetivos ao realizar o estudo de um paradidático.

Em 2018, foi-me lançado o desafio de idealizar um projeto de leitura do paradidático “Lá na terra dos contrários, tudo pode dar certo”, de autoria do Irmão Jesuíta Marcos Epifânio Barbosa. Juntamente com as demais professoras do 1º ano do ensino fundamental trabalhamos a obra com os educandos de forma prazerosa. Embora com muitos desafios para darmos corpo ao projeto fora prazeroso desenvolver este trabalho, especialmente por poder trabalhar em parceria com outras colegas de trabalho. Para chegarmos à belíssima culminância deste projeto, com a presença do autor foram dias e dias trabalhando a temática com os alunos, lendo a historinha, fazendo releituras e escrevendo, até chegarmos ao produto final; o mais animador fora perceber como os alunos mergulharam na histórias e como nós educadoras/es mergulhamos juntamente com eles, ajudando-os a perceber o sentido da história e seu valor para a vida.

Um privilégio é poder contar com a presença do autor nestes momentos para poder inspirar nossos autores e neste momento também os nossos alunos se realizam pois podem demonstrar aquilo que a história lhes proporcionou. Neste ano de 2019 realizamos a segunda mostra de processos, que são os resultados das vivências dos educandos com o livro (Lá na terra dos contrários, tudo pode acontecer); chega a ser emocionante ver a emoção que transborda do olhar e expressões dos alunos ao estarem ali apresentando os frutos de seu trabalho.

Contar com a presença do Irmão Marcos Epifânio,SJ e especialmente ter a certeza de que o trabalho foi realizado com a amor e dedicação provocam em nós sensações incomensuráveis, pois como diz Santo Inácio: é necessário “em tudo amar e servir”. Ser educador é servir com a nossa dádiva; o dom de ensinar e por que não dizer: servir com todo nosso amor."

Acompanhe mais em nossa página no facebook: https://www.facebook.com/EscolaSantoAfonsoRodriguez/

Comente!